quarta-feira, 2 de maio de 2007

Ubuntu da Dell: considerações

É uma nova era para a comunidade Linux mundial. Como acordo da Canonical e a Dell, o linux partirá de fábrica de uma das mais importantes fabricantes de computadores do mundo.

Mas, depois desta ótima notícia, surgem as opções de trabalho e quais serão as escolhas (certas ou não) deste acordo?

O ambiente será Gnome apenas? Poderão os usuários escolher o KDE (Kubuntu)?
E os drivers de vídeo? Serão ATI, Nvidia ou Intel graphics?
Venderão apenas no Estados Unidos e Europa? Teremos a mesma chance aqui?
E a compatibilidade de hardware será a preocupação central?

Enfim, muitas perguntas.

Mas tenho certeza que agora terei um ponto positivo a mais para chegar na gerência e dizer que minhas idéias tem o apoio da Dell, hehe.

Update: os sistemas estarão à venda nas próximas semanas aos usuários dos ESTADOS UNIDOS.

Nenhum comentário: