terça-feira, 17 de julho de 2007

Dell pede desculpas por cobrar a mais por software livre

A Dell admitiu um erro de valores na venda dos notebooks Inspiron 1420N que contém o Ubuntu, sistema operacional de código aberto baseado em Linux. A empresa sofreu diversas críticas por parte da comunidade open source depois que foi constatado que equipamentos que traziam este tipo de SO custavam até US$ 250 a mais se comparados aos mesmos modelos que tinham o Windows Vista instalado

No site corporativo Direct2Dell.com, a companhia afirmou que o erro foi "uma simples distração" e que as máquinas que trazem o Ubuntu deveriam ser, no mínimo, US$ 50 mais baratas que os portáteis que trazem o sistema operacional da Microsoft.

A Dell declarou que a falha já foi corrigida e que já é possível encontrar na página da empresa, computadores tanto com o Ubuntu quanto com o Vista com preços similares. No entanto, a companhia não divulgou nenhuma informação referente à devolução de valores para os consumidores que, eventualmente, tenham pago tal valor extra.

Nenhum comentário: