terça-feira, 9 de outubro de 2007

Pro inferno!!!!

Torvalds entra em briga de foice pelo kernel do Linux

Linus Torvalds, o guru-mor do Linux, envolveu-se num enérgico bate-boca digital com alguns de seus companheiros linuxistas.

Os adversários de Torvalds no debate são especialistas em segurança. O pomo da discórdia é algo que passa a anos-luz da compreensão de mortais comuns, não iniciados nas intimidades do Linux. O alto comando do kernel decidiu que, numa próxima versão, a 2.6.24, o módulo chamado Smack (sigla de Simplified Mandatory Access Control Kernel) vai ser incorporado ao kernel do sistema.

A idéia não agradou alguns colegas de Torvalds, preocupados com a segurança do sistema. O Smack usa um bloco de componentes chamados Linux Security Modules (LSM), e essa turma acredita que o LSM pode ser usado para atacar o Linux. Em lugar do LSM, eles prefeririam usar a opção Security-Enhanced Linux - SELinux, para os íntimos.

Linus Torvalds deu uma resposta irada. “Hell f*cking NO!”, escreve ele num e-mail, dirigido a James Morris, um dos que se opõem à integração do Smack. E continua: “Vocês da segurança são loucos. Estou cansado dessa bobagem de que ‘somente minha versão é correta’".

Torvalds dá a palavra final: "O LSM fica. Sem ses, poréns, talvez ou qualquer coisa mais". Depois, observando que elevara o tom, ele ameniza: “Desculpem pelos gritos, mas estou falando sério a respeito disso”.

Assim falou o sumo sacerdote do Linux.
fonte: Info

Nenhum comentário: