terça-feira, 3 de julho de 2007

Pesquisa afirma que o Windows perde terreno com desenvolvedores

Estudo aponta que, nos Estados Unidos, sistema operacional da Microsoft não é a base preferida para criação de aplicações.
Ao ouvir mais de 400 desenvolvedores e gestores de TI na América do Norte, a Evans Data aponta que o Windows – apesar de ser a plataforma dominante no mercado – está perdendo rapidamente terreno. O número de profissionais que estão desenvolvendo aplicações tanto para estações clientes quanto para servidores para essa plataforma caiu 12 pontos percentuais, ficando em 64,8% do total, valor significativamente menor aos 74% registrados na pesquisa feita em 2006.

"Atribuímos o declínio ao aumento de desenvolvedores focando suas aplicações em Linux e nas suas distribuições. Tanto Novell quanto a Red Hat são duas das mais dominantes hoje", disse John Andrews, CEO da Evans Data. De acordo com o executivo, a chegada do Windows Vista só vai tornar as coisas piores. "Vejo o Vista como um dos responsáveis por parte da queda", diz Andrews. A expectativa do instituto é que, no próximo ano, o Windows perca mais dois pontos percentuais.

O foco em Linux pelos desenvolvedores aumentou para 11,8% em 2007, salto perante os 8,8 do ano anterior. De acordo com Andrews, esse valor vai ficar em 16% em 2008.

Andrews afirma que a situação é resultado da batalha do Windows contra o código aberto, na medida em que as soluções de código aberto estão amadurecendo. Mas o Windows continua na liderança. "Não há dúvida, eles ainda dominam", termina Andrews.

Em outra descoberta, o Evans Data apontou que o JavaScript é a linguagem mais utilizada para criação de scripts. Ela tem três vezes mais usuários do que PHP (Hypertext Preprocessor), Ruby ou Python. O instituto tem a expectativa de que o uso de Ruby aumentem em 50% no próximo ano.

fonte: IDGNOW!

Nenhum comentário: