quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Ubuntu nas lojas do Brasil em 2008

As lojas estão cheias de PCs superbaratos com versões do Linux. Mas aquela que é considerada a mais fácil de usar, o Ubuntu, ainda não deu as caras por aqui. Isso deve mudar em breve. A Canonical, responsável pelo sistema, abriu escritório no País e quer que o Ubuntu já venha instalado em micros brasileiros. "A gente espera que isso aconteça até o meio do ano que vem", disse o gerente de negócios para a América Latina da Canonical, Fábio Filho.

Pode ser mais difícil do que ele imagina. O programa Computador para Todos começou há quase dois anos e todos os fabricantes já escolheram os tipos de Linux que vão em suas máquinas - uma exigência do projeto. Também montaram estruturas para dar suporte técnico a esses sistemas. Mudar tudo pode ficar bem caro. "Estou sendo contatado por diversos fabricantes com interesse em utilizar o Ubuntu", garantiu o executivo da Canonical.

Segundo Fábio, o objetivo da empresa não é oferecer um sistema operacional para PCs baratos que, depois, poderia substituído por uma cópia - muitas vezes pirata - do Windows. "Queremos ser uma alternativa que as pessoas possam realmente utilizar", afirmou. Este ano, a Dell fechou acordo com a Canonical e passou a vender micros com Ubuntu nos EUA.

Nenhum comentário: